É tempo de travessia

Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos”.     Fernando Pessoa

Faz algum tempo que ando pensando nesta citação de Fernando Pessoa, ela traz muito do caminhar de meus pacientes, e porque não ousar mais e dizer que o meu próprio caminhar.

Estamos em constantes transformações, neste minuto algo em nós muda e continuará mudando, então porque nos apegamos tanto as coisas, sejam elas pessoas, roupas, acessórios, imóveis, carros, idéias, pensamentos, crenças. Porque vivemos muitas vezes de maneira tão superficial, os temas que nos distanciam de nossa essência, de quem realmente somos.

Ficamos constantemente vivendo pelo outro, seja por uma idéia, um desejo, uma necessidade de pertencer, e esquecemos do que queremos, sentimos, pensamos. O encontro com nossa essência nem sempre é algo fácil, mas é primordial para nos conhecermos melhor, trocarmos o que não queremos mais, o que não nos cabe mais, o que não faz (ou nunca fez) sentido algum para nossas escolhas de vida, para sermos quem quisermos e pudermos ser.

Devemos olhar para nossos sentimentos, nossas escolhas e dar novos significados a elas, trocando quando não faz mais sentido, buscando assim dar novo sentido a nossa vida, e atravessar o caminho assumindo as escolhas que fazemos.

No consultório me deparo muitas vezes com pessoas que perderam o sentido de suas próprias vidas, que deixaram que os outros (pais, conjugês, chefes, amigos) escolhessem seus caminhos, não por preguiça ou por falta de conhecimento, mas sim, por tentarem se ajustar ao “mundo”, por tentarem pertencer a algo, quando na verdade, devemos escolher e assumir o que nos faz ser realmente o que desejamos ser, o que nos completa, para não corrermos o risco de vivermos a margem de nós mesmos, o que pode gerar muitos males físicos e emocionais (depressão, pânico).

Há no processo terapêutico um forte encontro do paciente com ele mesmo, onde consegue sentir, perceber e nomear o que não faz mais sentido em sua vida, por isso muitas vezes o vazio, a angustia, o choro, a melancolia, são tão presentes em nossos encontros. Mas há depois, a alegria deste reencontro consigo mesmo, o resignificar de suas escolhas, a liberdade de poder escolher e ser responsável por tudo o que quer e sente para si, e assumir sozinho os novos rumos de sua própria travessia, “com roupas novas”.

Esta é a mágica da nossa travessia interior, não deixem de fazê-la, é difícil, mas nos encanta e liberta!

Anúncios

4 thoughts on “É tempo de travessia

  1. Pois é, Rô! Esse texto veio a calhar…
    Era a cereja do bolo que tava faltando.
    Amiga, tem sido minha luta nos últimos tempos nadar contra a correnteza e não seguir o caminho pronto, seguro e aceito por todos e principalmente por minha mãe.
    Nossa, como é difícil ir de encontro com a mãe da gente, contra a sociedade…
    Mas, ao mesmo tempo sinto dentro de mim uma leveza, uma alegria, uma esperança que só vem quando nos autorizamos a ser do jeito que somos.
    Neste quatro anos de terapia posso dizer que estou aprendendo a ser adulta e me responsabilizar por minhas escolhas.
    Não exigir do outro uma compreensão, mas, ao mesmo tempo não perrmitir que ele me massacre, me manipule, com seu canto das sereias.
    Esse seu texto só complementou de forma amorosa e amiga as minhas certezas e ao mesmo tempo me senti acolhida nesse processo todo de autoconhecimento!
    Nem preciso dizer que amei o texto e que sou grata a sua amizade e amorosa companhia.
    Um enorme beijo ou melhor Beijos aos montes,
    Ana Paula Lou

    Curtir

    • Oi Aninha!
      Pois é… nossa travessia é muitas vezes difícil, porque não dizer, árdua.
      Mas, quando entramos nela e assumimos realmente quem somos e o que queremos,esta alegria que comenta faz realmente parte de nossas escolhas, a liberdade tem um preço, mas é maravilhosa.
      Eu é quem agradeço o carinho e reflexões de sempre.
      bjs

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s